Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Pesquisa e Desenvolvimento

Subcategorias

  • Catálise, Biocatálise e Processos Químicos

    Criada em 1985, a área de Catálise concentrava-se inicialmente em P&D com foco em Catálise Heterogênea para os setores energético e químico, com ênfase na utilização de matérias-primas derivadas do petróleo, mas com interesse crescente em renováveis e biomassa. Linhas voltadas à Biocatálise passaram a fazer parte do seu escopo de projetos a partir de 2008. Atualmente, a Divisão de Catálise, Biocatálise e Processos Químicos atua em pesquisa e desenvolvimento com foco nos processos catalíticos e biocatalíticos direcionados fortemente à produção de biocombustíveis e bioprodutos.

    A Divisão de Catálise, Biocatálise e Processos Químicos (DICAP), composta de 3 laboratórios é. uma das maiores e mais ativas estruturas do Brasil voltada para desenvolvimento e aprimoramento de processos químicos, através de rotas catalíticas ou biocatalíticas. Alinhada aos programas estratégicos governamentais e explorando o seu potencial para inovação, as atividades promovem o desenvolvimento de novos processos. A DICAP também possui capacidade técnica para abordagens envolvendo diferentes matérias-primas, incluindo as renováveis. Isso permite que sua atuação junto à indústria química esteja marcadamente ligada à minimização dos impactos ambientais e o estabelecimento de processos sustentáveis.

    A DICAP apresenta uma produtividade impar em publicações de nível internacional e pedidos de privilégio/patentes. Para isso, dispõe de um grande número de equipamentos modernos, que fornecem a infraestrutura para os desenvolvimentos de diversos estudos com focos tanto científicos quanto tecnológicos. Usufruindo deste ambiente circulam alunos de graduação e pós-graduação de diversas universidades brasileiras, que desenvolvem suas teses orientadas/coorientadas pelos pesquisadores da divisão. Vale igualmente destacar que a divisão conta com cooperações com diversos centros de pesquisa brasileiros e estrangeiros.

    O conjunto de ações, o envolvimento da equipe e a história desta divisão permitem que sejam constantemente agregados à comunidade recursos e soluções cientifico-tecnológicas que visam sobrepor desafios e dificuldades.

    A área é constituída de três laboratórios:
    Laboratório de Biocatálise (LABIC)
    Laboratório de Catálise (LACAT)
    Laboratório de Aceleração em Processos Catalíticos (LACCA)

    CONTATO
    Andréa Maria Duarte de Farias
    Chefe da Divisão de Catálise e Processos Químicos - DICAP
    http://lattes.cnpq.br/7632136381077866
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    Tel.: (21) 2123-1167

  • Corrosão e Biocorrosão

    Os laboratórios da Divisão de Corrosão e Biocorrosão (DICOR) possuem uma posição nacional consolidada no estudo de diversos tipos de corrosão e no desenvolvimento de tecnologias para a sua mitigação. Com a sua equipe técnica altamente especializada e a sua moderna infraestrutura laboratorial tem capacidade de transformar a pesquisa básica e aplicada em soluções aos problemas de corrosão das empresas dos três setores da economia Brasileira, que são entregues à sociedade na preservação da integridade dos materiais que compõem estruturas e equipamentos, garantindo assim a segurança de pessoas, do patrimônio e do meio ambiente.

    Sua equipe técnica participa ativamente em associações como a Associação Brasileira de Corrosão (ABRACO), na elaboração de normas, em congressos nacionais e internacionais, e publica em revistas especializadas em corrosão e proteção

    A DICOR está estruturada em três laboratórios:

    • Laboratório de Biocorrosão e Biodegradação (LABIO)
    Laboratório de Corrosão e Proteção (LACOR)
    • Laboratório de Corrosão Sob Tensão por H2S, CO2 e Corrosividade (LAH2S)

    CONTATO
    Javier Alejandro Carreño Velasco
    Chefe da Divisão de Corrosão e Degradação - DICOR
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3219566222634982
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    Tel.: (21) 2123-1209

  • Energia

    DIEN

    A Divisão de Energia (DIENE) realiza pesquisas, estudos, serviços tecnológicos especializados e consultoria nas áreas de uso eficiente de energia, tecnologias do uso de gases combustíveis, fontes alternativas, combustíveis/biocombustíveis e planejamento energético e ambiental.

    No campo do planejamento energético realiza estudos setoriais e/ou regionais que podem versar sobre o uso de energia, fontes energéticas alternativas, emissões de carbono entre outros temas, compreendendo o desenvolvimento de modelos e estudos de cenários. Nesta linha estão também os estudos sobre o estado da arte de tecnologias e avaliações para a implementação de fontes renováveis, tais como a energia eólica, solar e biomassas.

    A área é estruturada em três laboratórios:

    CONTATO

    Rosana Medeiros Moreira

    Chefe da Divisão de Energia - DIENE

    http://lattes.cnpq.br/8798823359832146

    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    Tel.: (21) 2123-1146

  • Engenharia de Avaliações e de Produção

    A Divisão de Ensaios em Materiais e Produtos (DEMP) realiza projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico e serviços técnicos especializados principalmente nas áreas de Saúde, Segurança, Petróleo e Gás e Componentes Eletrônicos. Os principais temas envolvem a utilização de materiais metálicos para aplicações como produção de petróleo e gás, implantes cirúrgicos ortopédicos e dentais, ensaios de produtos inseridos no Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade (SBAC), e outras aplicações da indústria em geral, envolvendo também análise fractográfica de falha de componentes metálicos, análise automática de imagens e microscopia eletrônica.

    Para o futuro, o objetivo é ampliar as atuações nas áreas de biomateriais (implantes cirúrgicos ortopédicos e dentais), e dispor de um laboratório completamente capacitado para realizar ensaios/avaliações da maioria dos tipos de implantes  

    Ampliar a infra-estrutura laboratorial e o escopo de acreditação para abranger outros produtos da área médico-hospitalar inseridos no Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade.

    Ser um dos laboratórios de referência do Brasil na área de Saúde

    Operar no NUMAT, em parceria com a Divisão de Corrosão, em tecnologia dos materiais para aplicação na indústria do petróleo e gás com equipamentos modernos de microscopia ótica e eletrônica

    Na área de segurança o objetivo é, gradualmente, de acordo com a demanda da sociedade, ampliar a gama de ensaios para produtos de segurança de certificação compulsória.

    Atuar na área de materiais metálicos nanoestruturados, considerada estratégica para o Laboratório, a Divisão e o Instituto como um todo.

     

    PETROLEO E GÁS

    Com a expansão do setor petrolífero, em especial da Bacia de Campos que responde por 80% da produção nacional, o INT teve um significativo aumento na demanda por ensaios e serviços tecnológicos, bem como projetos de P&D, não só para a PETROBRAS e suas subsidiárias, como também para suas empresas fornecedoras.

    Assim com recursos da FINEP e da Petrobras está sendo construindo um Núcleo Tecnológico no INT visando a inovação, o desenvolvimento tecnológico e ensaios especializados aplicados à indústria do petróleo, gás natural e biocombustíveis, no que tange à caracterização e avaliação de desempenho de materiais de modo a atender às demandas da Petrobras, subsidiárias e fornecedores, no País e especialmente no Estado do Rio de Janeiro. Esse Núcleo Tecnológico é gerenciado pela Divisão de Corrosão e Degradação – DCOR em parceria com a Divisão de Ensaios de Materiais e de Produtos – DEMP, que frequentemente desenvolvem trabalhos juntos os quais tem gerado vários artigos publicados em revistas internacionais.

     

    DISPOSITIVOS E COMPONENTES ELETRÔNICOS

    A partir de 2004 o INT passou a atuar no âmbito Rede de Tecnologia e Serviços de Qualificação e Certificação em Tecnologia da Informação - Rede TSQC, coordenada pelo CTI e com a participação do CTA, INPE, INT, IPT, ITA, TUV e Softex, cuja finalidade é oferecer serviços tecnológicos de qualificação e certificação de processos e produtos de hardware e software na área de TI (eletrônica, informática e telecomunicações), contribuindo assim para superar as barreiras técnicas que dificultam uma maior participação das empresas nacionais nos mercados interno e externo.

    A Rede TSQC atualmente desenvolve projetos na área de avaliação da conformidade de placas (SAC-PCI) e componentes eletrônicos (SAC-CE). As Instituições da Rede TSQC se candidataram, individualmente, a participar da 1ª etapa do “SIBRATEC – Serviços Tecnológicos”. A Rede TSQC foi eleita com um dos temas do edital, e na segunda fase da chamada, apresentou seus novos projetos, na área de certificação de produtos eletrônicos ambientalmente corretos e produtos de software, que estão em fase de avaliação.

     

    P&D

    Desde 1995 o INT em parceria com a área de metrologia científica do INMETRO e com a PUC/Rio, vem desenvolvendo materiais de referência para medições de Dureza, pois ainda não existe esse tipo de material no Brasil.

    Os blocos padrão de dureza são materiais de referência certificados, utilizados para calibrar máquinas de medição de dureza, sendo sua utilização essencial no controle e na garantia da qualidade dos processos de produção no setor metal-mecânico. Os resultados obtidos com os referidos projetos foram bastante satisfatórios, e resultaram em interesse da Mitutoyo de produzir e comercializar os blocos desenvolvidos, cujo contrato para transferência de tecnologia foi assinado no final de 2002.

    Atualmente a DEMP está finalizando Projeto de desenvolvimento de cilindros de liga de alumínio para acondicionamento e transporte de gás natural, em parceria com a White Martins, contando com a colaboração da DCOR e da DIEN, iniciado em 2005 e com conclusão prevista para 31 de agosto de 2010.

    Outro projeto, este em fase inicial, é o de desenvolvimento de titânio nanoestruturado para aplicação em implantes cirúrgicos ortopédicos e dentais, em parceria com o PEMM/COPPE/UFRJ e contando com a colaboração da DPCM e da DCOR. Início previsto para julho de 2010 e conclusão prevista para junho de 2012.

    Os trabalhos desenvolvidos nos laboratórios da Divisão têm gerado diversos artigos publicados em revistas internacionais da área de ciência e engenharia de materiais metálicos, destacando-se os periódicos Praktische Metallographie (Practical Metallography), Materials Characterization, Engineering Failure Analysis, Journal of Failure Analysis and Prevention, Journal of Iron and Steel Research e Recent Patents on Materials Science.

     

  • Materiais

    A Divisão de Materiais (DIMAT) atua majoritariamente em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação aplicados aos setores de saúde, automotivo, óleo e gás, petroquímico e construção civil, contando com o apoio das principais agências de fomento do país e também de empresas de diversos portes.

    As principais linhas de atuação são: Compósitos e nanocompósitos poliméricos; Membranas e meios porosos; Reciclagem/reaproveitamento de resíduos naturais, industriais e pós-consumidos; Biopolímeros; Liberação controlada de drogas; Titânio e suas ligas para implantes ortopédicos e odontológicos; e Biocerâmicas.

    Para o rápido desenvolvimento de novos materiais e tecnologias é prática corrente a parceria e a atuação em rede com outras instituições de pesquisa nacionais e internacionais. A experiência e o conhecimento acumulados pelos profissionais da DIMAT, bem como a sua infraestrutura laboratorial alavancaram nos últimos anos a produção científico-tecnológica, que conta com patentes nacionais e internacionais, artigos publicados em periódicos indexados e anais de congresso, além da orientação de bolsistas de pós-doutorado e co-orientação de dissertações de mestrado e teses de doutorado.

    No cenário atual, a DIMAT tem dedicado esforços às questões ligadas à sustentabilidade, preservação do meio ambiente, saúde e bem-estar da população, além do apoio a setores industriais para o desenvolvimento/aperfeiçoamento de produtos nacionais.

    A divisão possui três laboratórios:

    Laboratório de Tecnologia de Materiais Poliméricos (LAMAP)
    Laboratório de Tecnologia de Pós (LATEP)
    Laboratório de Caracterização de Propriedades Mecânicas e Microestruturais (LACPM)

    CONTATO
    Divisão de Processamento e Caracterização de Materiais (DIMAT)
    Chefe titular: Alexandre Antunes Ribeiro
    Tel.: (21) 2123-1185
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    Chefe substituto: Claudio Teodoro dos Santos
    Tel.: (21) 2123-1215
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

  • Química e Biotecnologia

    A Divisão de Química e Biotecnologia (DIQIM) conta com pesquisadores e técnicos especializados e com moderna infraestrutura laboratorial. Atua em projetos de inovação nas empresas na área de Química e Biotecnologia, integrando o atendimento do INT como unidade credenciada da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

    A área é constituída de três laboratórios:

    Laboratório de Análises Orgânicas e Inorgânicas (LAQOI)
    Laboratório de Tabaco e Derivados (LATAB)
    Laboratório de Biotecnologia de Microalgas (LABIM)

    Contato
    Vivianne Galvão Martins
    Chefe da Divisão de Química e Biotecnologia
    e-mail – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    telefone - (21) 2123-2738

  • Design Industrial

    design ind 1

    A Divisão de Design Industrial (DIVDI) atua principalmente em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação aplicados aos setores de saúde, tecnologia assistiva, tecnologia educacional, esporte e paradesporto, embalagens e sustentabilidade, contando com o apoio das principais agências de fomento do país e também de empresas de diversos portes.

    Suas principais linhas de atividade são: ergonomia, antropometria 1D e 3D, biomecânica, inteligência computacional e automação, design de produtos para o setor de petróleo e gás, equipamentos de tecnologia assistiva e inclusiva, design de embalagens, design para sustentabilidade, análise de uso de produtos, manufatura aditiva e desenvolvimento de modelos e protótipos.

    A DIVDI possui três laboratórios que dão suporte aos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação:

    Laboratório de Ergonomia (LABER)
    Laboratório de Modelos Tridimensionais (LAMOT)
    Laboratório de Tecnologia Assistiva e Inclusão (LATAI)

    CONTATO
    Flávia Cristine Hofstetter Pastura
    Chefe da Divisão de Design Industrial (DIVDI)
    http://lattes.cnpq.br/4698405991507809
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    Tel.: (21) 2123-7287

     

     

     

  • Avaliações e Processos Industriais (DIAPI)

    A Divisão de Avaliações e Processos Industriais (DIAPI) atua em projetos de pesquisa e desenvolvimento e prestação de serviços tecnológicos voltados para a redução de custos, aumento de produtividade e sustentabilidade dos processos industriais. Formada a partir da integração de três áreas de competência do Instituto - Engenharia de Avaliações, Engenharia de Produção e Energia, a equipe multidisciplinar da DIAPI tem ampla atuação em território nacional atendendo tanto empresas privadas como empresas públicas.

    Um dos focos de atuação da DIAPI se refere a estudos de avaliações tecnológicas de produtos e processos industriais. Algumas das atividades dentro dessa linha (classificação fiscal de mercadorias, avaliação de vida útil de bens em função dos impactos da obsolescência tecnológica e econômica, perícias técnicas e avaliação de insumos no processo produtivo) são amparadas em Lei e visam dirimir questões de natureza técnica que levam a litígios entre a União e os contribuintes.

    Uma outra frente de trabalho abrange a área da Gestão de Operações. Nesse caso, a equipe tem concentrado esforços em projetos de P&D de modelos e sistemas de apoio a tomada de decisão em contextos industriais e de serviços. Problemas de programação da produção, dimensionamento e planejamento da capacidade produtiva, alocação de mix de produção, típicos da Gestão de Operações, são analisados e modelados a partir de ferramentas de simulação computacional, otimização matemática e ciência de dados.

    A DIAPI tem uma forte atuação na área de Energia através de P&D, serviços tecnológicos e consultorias (diagnósticos energéticos, avaliações de desempenho energético em processos e equipamentos industriais) prestados para diferentes empresas dos diversos segmentos industriais. Em função da necessidade da sociedade e do mercado por um modelo de produção sustentável, pesquisas e estudos em eficiência energética e fontes alternativas de energia, bem como estudos de planejamento energético e ambiental (avaliações setoriais/regionais, e modelagem do uso eficiente de energia e de emissões de gases de efeito estufa) são focos de atuação da equipe.

    A DIAPI possui três laboratórios que dão suporte aos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação:

    Laboratório de Avaliação Tecnológica (LATEC)
    Laboratório de Simulação e Otimização de Sistemas Produtivos (LASOS)
    Laboratório de Energia (LABEN)

    CONTATO
    Luiz Manoel Pereira Simões
    Chefe da Divisão Avaliações e Processos Industriais - DIAPI
    E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    Tel.: (21) 2123-1071

  • Engenharia e Conformidade de Produtos

    A área de Engenharia e Conformidades de Produtos (DIPRO) atua em pesquisa e desenvolvimento com foco nos setores de energia, metrologia, mobilidade urbana e emissões. As atividades concentram-se no desenvolvimento de produtos mais eficientes, seguros e de baixo consumo de energia e mais sustentáveis.

    Atuando ativamente em diversos fóruns de normalização (Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, MERCOSUL, International Organization Standardization /ISO, etc.), contribui para a geração de normas nacionais e internacionais em suas áreas de interesse e competência.

    Com a experiência adquirida em avaliação de eficiência e conformidade de produtos, atua junto com a indústria no desenvolvimento de novos produtos mais seguros e eficientes.

     A DIPRO conta uma moderna infraestrutura laboratorial, dividida em 3 laboratórios, sendo um em construção. São eles:

    Laboratório de Segurança e Desempenho de Equipamentos Térmicos (LATES)
    • Laboratório de Ensaios de Produtos (LAENP)
    • Laboratório de Tecnologia em Mobilidades Urbana (LATEM)

    Contato
    Rosana Medeiros Moreira (Chefe da DIPRO)
    Edilvando Pereira Eufrazio (Chefe Substituto da DIPRO)
    Avenida Venezuela, nº 82 - Anexo 2 – Saúde.
    Rio de Janeiro/RJ – Brasil – CEP 20.081-312
    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fim do conteúdo da página
Usamos cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.